TURITEC - Turismo e Tecnologia da Informação e Comunicação

COORDENAÇÃO
Prof. Msc. Alexandre Augusto Biz
e-mail: biz@ufpr.br
OBJETIVO DO PROJETO
• Criar um ambiente didático-pedagógico que possibilite a discussão teórica-prática sobre os impactos das tecnologias de informação e comunicação na gestão e planejamento dos destinos turísticos;

• Identificar as inovações tecnológicas para o planejamento e gestão dos destinos turísticos;

• Analisar as tecnologias de informação e comunicação adotadas pelas Organizações Públicas e Privadas na gestão e desenvolvimento dos destinos turísticos do Estado do Paraná, bem como a integração e interação entre os atores envolvidos no processo;

• Analisar o comportamento do consumidor em turismo e o uso das tecnologias de informação e comunicação no comércio eletrônico, intercâmbio de experiência entre os consumidores, e o relacionamento com os prestadores de serviços turísticos (Web 2.0 e Travel 2.0);

• Propiciar a incorporação de materiais didáticos como livros e publicações de estudos na área de turismo e tecnologia de informação para possibilitar a produção de material audiovisual e de apoio para a disciplina de Turismo e Tecnologia de Informação e Comunicação e para as disciplinas ênfases do curso.
 
JUSTIFICATIVA
No 2° semestre de 2007 a Coordenação do Curso de Turismo realizou uma ampla discussão sobre a estrutura curricular com o corpo discente, docente e com os egressos que atuam como gestores das principais Organizações Públicas e Privadas do Estado do Paraná que resultou no ajuste do currículo do Curso de Turismo implementado no 1° semestre de 2008.

Destaca-se a criação da disciplina de Turismo e Tecnologia da Informação e Comunicação que tem como objetivo possibilitar aos discentes o entendimento do turismo como sistema complexo e a compreensão dos impactos da tecnologia da informação e comunicação para a gestão e o planejamento dos destinos turísticos. Entretanto, o Curso de Turismo não dispõe de um ambiente didático-pedagógico que possibilite a discussão teórica-prática sobre os impactos das tecnologias de informação e comunicação (T.I.C.) na gestão e planejamento dos destinos turísticos.

Apenas para ilustrar a importância do estudo no âmbito do turismo, segundo a estimativa da OMT - Organização Mundial de Turismo (2007) haverá no ano de 2020 cerca de 1,56 bilhões de chegadas de turistas internacionais, com uma média de crescimento de 4,1% ao ano. Ao mesmo tempo, haverá cada vez mais pessoas usuárias das diversas ferramentas de tecnologias de informação e comunicação, ou seja, mais pessoas conectadas em alta velocidade, realizando o intercâmbio de informações, conteúdos, imagens, vídeos, e principalmente experiências. Isto pode ser identificado pelo crescimento do comércio eletrônico em praticamente todos os setores de economia, e em destaque o turismo.

Segundo estudo de Marcussen (2008) em 1998 o mercado turístico Europeu faturou 200 bilhões de euros, destes apenas 200 milhões foram comercializados pela Internet (0,1% do mercado). Em 2003, o mercado faturou 215 bilhões de euros e comercializou pela Internet o total de 13,9 bilhões de euros (6,5% do mercado). Em 2007, gerou 254 bilhões de euros e comercializou pela Internet 49,4 bilhões de euros (19,4% do mercado), destes 57% representam aquisição de passagens aéreas, 17% hotéis e outras acomodações, 14,5% pacotes turísticos, 7,5% trens e 4% locação de veículos. O autor estima que em 2009 as vendas pela Internet cheguem a representar até 25,2% do mercado. Já nos Estados Unidos, no ano de 2007, aproximadamente 40 milhões de consumidores fizeram alguma compra eletrônica relacionada ao turismo com um consumo de mais 86 bilhões de dólares.

Em relação ao Brasil ainda são incipientes os estudos pela academia, seja na graduação ou na pós-graduação na área de Turismo e afins, em relação ao comércio eletrônico no turismo e o uso das tecnologias de informação e comunicação na gestão e planejamento dos destinos turísticos. Portanto, busca-se nesse projeto iniciar um processo de discussão e desenvolvimento de estudos nessa área.